(61) 99989-0023

5ª Edição - Marcio Marinho

Para abrir o ano com chave de ouro, dia 17.02.2017, o Projeto SOM LÁ EM CASA recebeu o virtuose Márcio Marinho com seu novo trabalho "Em Busca do Eu". Foi uma oportunidade única que levou os expectadores a uma real imersão em todas as possibilidades sonoras que o cavaquinho de 5 e 6 cordas é capaz de proporcionar. 

Nesse show, o compositor e intérprete uniu a emoção e a sofisticação musical, fazendo do sentimento e da técnica uma só expressão, que possibilitou voos tão altos quanto a criatividade permite. Márcio Marinho contou com as participações especiais de Victor Angeleas (bandolim) e Pablo Fagundes (harmônicas). 

6ª Edição - Mesa pra Três

No dia 17.03.2017, o Mesa Pra Três foi o dono da festa no Projeto SOM LÁ EM CASA.O trio é formado por Flávio Silva (piano), Daniel Castro (contrabaixo) e Pedro Almeida (bateria).

É difícil precisar o gênero e o estilo musical do Mesa pra Três, talvez jazz com swing brasileiro seja a melhor definição. Fácil é perceber uma música que busca em cada nota uma invenção, um motivo, uma descoberta, um encontro.

7ª Edição - Jaime Ernest Dias

O Projeto SOM LÁ EM CASA recebeu, dia 07.04.2017, o violonista Jaime Ernest Dias, acompanhando por Oswaldo Amorim (contrabaixos acústico e elétrico), Daniel Baker (piano) e Paulo Marques (bateria).

Desde o início da década de 1980, Jaime Ernest Dias desenvolve um trabalho instrumental que incorpora músicas autorais e ritmos característicos da música popular brasileira. Improvisação, bom gosto nos arranjos e uma abordagem que valoriza a qualidade da execução dos integrantes do grupo são características marcantes desse trabalho.

8ª Edição - Anna Tréa

O SOM LÁ EM CASA, aproveitando a passagem da artista ANA TREApor Brasília, onde foi finalista do Prêmio Profissionais da Música 2017, não perdeu a oportunidade de apresentar a seu público a guitarrista, multi instrumentista e cantora paulistana, conhecida por acompanhar o rapper Emicida e o vanguardista Arrigo Barnabé, desde 2013. 

Lançou em julho de 2016 seu primeiro disco autoral.(Link do Disco "Clareia": https://www.youtube.com/watch?v=WCPZ_4sMZJU&list=PL8EaHn_WNh-3qC9g0nDSkwfem1qPzef01)

9ª Edição - David Helbock Trio

David HelbockTriofoi a segunda atração do mês de maio do Projeto SOM LÁ EM CASA. O renomado Trio austríaco de jazz é integrado por David Helbock (piano), Raphael Preuschl (ukulele baixo) e Reinhold Schmölzer (bateria).

Premiado duas vezes e vencedor do prêmio da plateia na maior competição de solo de piano jazz do mundo, no “Festival de Jazz de Montreux”, Helbock é também o principal ganhador do prêmio instituído pelo Governo da República da Áustria - o “Outstanding Artist Award”.

Já fez turnês e participou de gravações nos EUA, Austrália, México, Rússia, Cazaquistão, Quirguistão, China, Mongólia, Coreia, Filipinas, Indonésia, Malásia, Índia, África do Sul, Etiópia, Quênia, Senegal, Marrocos, Tunísia, Irã, Brasil, Argentina, Chile e em toda a Europa.

10ª Edição - Organismo 3

 

O SOM LÁ EM CASA recebeu dia 23.06.2017 o ORGANISMO 3,trio formado por Rodrigo Bezerra (guitarra), Serge Frasunkiewicz (órgão) e Anders Hentze (bateria).

O grupo fez uma releitura do universo do jazz, com timbres que nem sempre são usuais para o estilo e repertório que vai desde músicas autorais a versões jazzísticas de rock/pop no formato instrumental.

Rodrigo Bezerra é um estudioso da guitarra elétrica, formado pela Escola de Música de Brasília e pelo Conservatório Liceu em Barcelona. De 2004 a 2010 tocou e produziu a cantora vencedora do programa “The Voice Brasil” Ellen Oléria. Já dividiu palco com importantes nomes da música, lançou dois discos e se prepara para lançar o terceiro.

Serge Frasunkiewicz iniciou seus estudos musicais aos 4 anos de idade, aos 14 anos descobriu o jazz. Fez parte da Orquestra Popular da UnB, trabalhou como co-repetidor com renomadas companhias de dança como o Balé Kirov e o Grupo Corpo, co-fundou o Centro Artístico Cultural Affinity Arts e o Affinity Jazz Trio. Já se apresentou com grandes nomes da música brasileira e internacional.

Anders Hentze, além de baterista, é compositor e produtor dinamarquês. Baseado em Nova Iorque, no período de 1993-98, gravou e tocou com diversos nomes da cena internacional. Compôs e produziu música para dança, teatro e trilhas sonoras na Dinamarca, EUA, Vietnã e na China. Co-fundou o duo maximalista Wazzabi em 2005, que lançou o álbum

“Wazzabi na Farofa” pelo selo paulistano YB Music em 2013.

 

11ª Edição - Fernando César & Regional

O SOM LÁ EM CASA de julho de 2017 apresentou o show Tudo Novamente, com Fernando César e Regional.Filho da geração de Chorões que chegou a Brasília na década de 1970, sua carreira é formada em completa imbricação à cena do choro brasiliense. Arranjador e compositor, o artista materializa em seu trabalho com o Regional a tradição do Choro.

Em 2016, comemorando 35 anos de música, fez uma série de shows pelo país com a turnê “Tudo Novamente”.

O Regional de Fernando César é formado por Pedro Vasconcellos  (cavaquinho), Júnior Ferreira (acordeon), Thanise Silva (flauta transversal) e Valerinho Xavier (pandeiro). 

A importância histórica dos conjuntos regionais na formação da música brasileira e na sua retomada na produção contemporânea vinculada ao Choro são motes centrais do Regional. 

12ª Edição - Christylez Bacon And Pablo Fagundes

Vídeo comemorativo de 1 ano de Som Lá em Casa

13ª Edição - Caraivana

 

Dia 8.9.2017, o clima praiano de Caraíva invadiu a cena musical do projeto SOM LÁ EM CASA. O sexteto CARAIVANA, surgido no litoral Sul da Bahia, fez o espetáculo com o virtuosismo e o vigor da música genuinamente brasileira, cujo repertório transitou com facilidade entre a sofisticação do Choro, a simplicidade e o calor do samba de raiz, xotes e baiões.

Desde o lançamento de seu primeiro CD com clássicos da nossa música, em 2009, a banda vem divulgando a música brasileira de qualidade por todos os cantos do País e ao redor do mundo. Foi convidado pelo Comitê Olímpico Brasileiro para representar a cultura brasileira na Dinamarca, na ocasião da escolha do Rio de Janeiro como sede das olimpíadas de 2016. Em 2017, o grupo lançou o terceiro disco Caraivana EP, onde apresenta seis faixas inéditas. Samba e choro compõem o repertório autoral do álbum. 

 

14ª Edição -Pedro Barbosa

Conhecido na África do Sul e em Moçambique por suas apresentações singulares e contagiantes, o compositor, violonista e cantor moçambicano Pedro Barbosa apresentou-se pela primeira vez no Brasil no projeto SOM LÁ EM CASA, na edição itinerante realizada no Lago Norte, dia 6.10.2017. O público brasiliense teve a oportunidade de presenciar o suingue, a música africana e autoral de Pedro Barbosa numa fusão inédita de ritmos com a turma do Passo Largo (Marcus Moraes, guitarra, Vavá Alfiouni, contrabaixo elétrico, e Thiago Cunha, bateria) e a participação especial do gaitista Pablo Fagundes, que também respondeu pela direção musical do espetáculo.

Radicado na África do Sul, Pedro Barbosa tem seis CDs gravados. O penúltimo deles, “I got no Money”, lançado em 2016 no mercado sul-africano, inclui uma canção com solo de gaita de Pablo Fagundes. Em 2015, Pedro e Pablo fizeram apresentações informais tanto em Portugal quanto na Espanha, em gigs e eventos particulares, o que marcou a afinidade musical entre eles.

15ª Edição - Ted Falcon & Gypsy Jazz Club

 

No dia 18.11.2017, o SOM LÁ EM CASA recebeu o violinista norte-americano Ted Falcon, acompanhado pelo grupo Gypsy Jazz Club.

Ted Falcon descobriu a paixão pela música brasileira ao ouvir Choro na casa dele, quando seu pai, violonista, tocava peças de Villa-Lobos e de outros grandes nomes da música brasileira. Dedicou-se a estudar bandolim brasileiro e Choro nos últimos 15 anos (sendo sua formação inicial voltada para a música erudita e o jazz). Ted inova ao tocar esse estilo no violino, seu primeiro instrumento, pouco utilizado na música popular brasileira. 

Em diversas viagens ao Brasil, Ted tocou ao lado de grandes nomes da música brasileira, como Hermeto Pascoal, Dominguinhos, Armandinho Macedo, Gilberto Gil e o grupo Época de Ouro. Trabalhou em Brasília com grandes instrumentistas locais, como o guitarrista Pedro Martins, vencedor do Festival de Jazz de Montreaux, o gaitista Pablo Fagundes, Hamilton de Holanda e muitos outros. Realizou o projeto Três Violinos, Três Continentes, ao lado dos violinistas Nicolas Krassik e Ricardo Herz.

O grupo Gypsy Jazz Club é integrado por  Eduardo Souza (violão), Pedro Vasconcellos (cavaquinho) e Igor Diniz (baixo acústico).

 

16ª Edição - Trinca Brasil

No dia 8.12.2017, o encerramento da temporada 2017 do SOM LÁ EM CASA ficou a cargo do TRINCA BRASIL, Trio formado por Félix Júnior (violão 7 cordas), Pedro Almeida (bateria) e Pablo Fagundes (harmônicas). Com arranjos sofisticados, inovadores e repertório refinado, o Trinca interpretou com personalidade suas próprias composições e clássicos da música mundial. Em 2018, o Trio ficou em primeiro lugar no concurso nacional promovido pela Câmara de Comércio Canadá-Brasil, o CCBC Fest, que teve a participação de 120 grupos concorrentes de várias partes do Brasil. O prêmio foi uma viagem ao Canadá, em novembro, para apresentações em Toronto.

Som lá em casa - House in Concert

  • Instagram ícone social
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Facebook